domingo, 6 de abril de 2008

Zé da Chuva

De madrugada as águas
dormem.